Contratar desenvolvedor: O guia completo para achar o dev ideal

Tempo de leitura: 9 minutos

Contratar desenvolvedor pode ser desafiador. Esse é um processo de recrutamento e seleção diferente dos normais. Por ser um cargo bem técnico e com salários relativamente altos, é necessário ter ainda mais atenção com testes avaliativos e com a retenção.

Mesmo cada vez mais automatizadas, o principal ativo das empresas são seus funcionários, afinal, eles são responsáveis por todos os resultados do negócio.

Devido à grande falta de profissionais da área de TI, os profissionais mais qualificados são procurados por diversas empresas e a sua precisa oferecer diversos benefícios para que eles não sejam perdidos.

Por outro lado, contratar pessoas erradas ou não preparadas para os cargos na empresa também representa um problema sério.

Por isso, preparamos esse guia imbatível para você contratar um desenvolver excelente para o seu negócio.

Vamos lá?

Primeiramente, o que faz um desenvolvedor?

É muito importante que você conheça as principais atribuições dos desenvolvedores de software. Vamos listar algumas das mais importantes:

  • Utilização e compreensão de programas, plataformas e linguagens de computação;
  • Execução e manutenção de tais linguagens para os serviços da empresa;
  • Correção de possíveis problemas no programa desses sistemas.

Para contratar desenvolvedor, primeiro deve-se definir uma demanda. É importante conhecer as funções dos principais cargos de TI, assim é possível dar nome às vagas. Existem desenvolvedores UX, que são responsáveis pela experiência do usuário, UI, responsáveis pelo design de interface, DevOps, que é o desenvolvedor de infraestrutura da empresa, e os mais atendidos pela Vulpi: Front End e Back End.

Um dev Front End é quem cria a interface da aplicação web, ele desenvolve a página que o usuário vê e interage. Já o Back End desenvolve os comandos por trás da tela, que o usuário não tem acesso e que definem o desempenho do site.

Existe ainda o desenvolvedor Full Stack, que trabalha como Front e Back End. Essa pessoa precisa ter conhecimento e se manter atualizada nas duas áreas, ela acaba cumprindo o trabalho que poderia ser de duas pessoas. Por isso, é um profissional requisitado no mercado.

É importante se atentar para a quantidade e relação dos requisitos da vaga. Se você está exigindo muitas linguagens, de diferentes cargos em TI, com um perfil muito específico, por exemplo, talvez você esteja procurando por um desenvolvedor unicórnio, o que pode ser bem difícil.

Ebook dev unicórnio

O desafio da contratação em TI é encontrar pessoas que possuam um bom conhecimento acerca da área da atuação e que também tenham a responsabilidade que todos os profissionais competentes possuem.

Como anunciar, recrutar e contratar desenvolvedor

Vamos às dicas que separamos!

1. Ofereça uma vaga atrativa

Não adianta possuir diversos canais de comunicação que aumentam o alcance das vagas se elas não são atrativas para o público.

Portanto, é essencial oferecer uma vaga atrativa e com descrição clara, destacando os benefícios que a empresa possui para seus funcionários.

Nesse momento é muito importante oferecer um salário competitivo em relação ao mercado, de acordo com o cargo da pessoa, a senioridade e o local de trabalho.

Coloque uma descrição dos valores da empresa e os desafios que o desenvolvedor poderá encarar, a fim de evitar a atração de pessoas desalinhadas.

2. Peça indicação

Os melhores profissionais, provavelmente, estão empregados e é possível que nem estejam pensando em novas oportunidades. Consequentemente, encontrá-los não é uma tarefa fácil.

Segundo pesquisa respondida pelos devs e realizada pela Vulpi, 9 em cada 10 desenvolvedores estão trabalhando, e ainda assim apenas 1 em 10 não está aberto a novas oportunidades.

Então a segunda dica, que é também a mais simples, é solicitar indicações para a sua equipe atual – se você já tiver uma e estiver satisfeito com ela.

Afinal, bons profissionais conhecem bons profissionais.

3. Busque na internet

Mas se você não conseguir uma indicação e o objetivo é buscar desenvolvedores pelo mundo, a segunda dica é publicar a oferta da vaga em fóruns de discussão, que reúnem profissionais de TI, ou acompanhar as conversas dos fóruns para buscar perfis e convidar os usuários mais ativos para uma entrevista.

Outra dica para contratar desenvolvedor, é anunciar a vaga em blogs da área ou nas redes sociais.

Como os desenvolvedores costumam ter uma boa rede de networking, há muitas indicações entre eles.

O LinkedIn, por exemplo, é um canal interessante tanto para anunciar vagas como para pesquisar pessoas e recrutar potenciais candidatos já que é a maior rede social para profissionais do mundo e já conta com mais de 500 milhões de usuários.

LinkedIn

Nesse ambiente você encontrará diversos profissionais, poderá conferir suas qualificações profissionais e histórico de trabalho.

Vale a pena checar também as demais redes sociais dos candidatos, como o Facebook e Twitter.

Mesmo que seja necessário separar vida profissional de pessoal, tais ambientes mostram possíveis comportamentos que o candidato pode levar para o ambiente de trabalho, como traços ofensivos e preconceituosos.

No nosso cotidiano cada vez mais informatizado e rápido, a contratação do desenvolvedor de software que você procura pode ser feita utilizando uma ferramenta moderna também, por que não?

Nesse caso, vale conhecer a Vulpi, que conta com uma plataforma perfeita para esse fim.

A Vulpi possui um serviço inteligente que te ajuda a definir sua demanda e avalia de forma criteriosa os conhecimentos e as experiências dos profissionais disponíveis, tornando-se assim um meio ágil e prático para você encontrar o desenvolvedor que precisa.

4. Seja atrativo

Apenas salário e benefícios já não são suficientes para atrair os melhores profissionais e contratar desenvolvedor ideal para a sua empresa.

Por isso, a terceira dica é chamar a atenção com um ambiente e uma rotina de trabalho estimulantes, com flexibilidade de horários, possibilidade de trabalho remoto, investimento em cursos, crescimento rápido de carreira, cultura forte e transparente, etc.

O employer branding conta muito. Como já foi dito, muitas vezes a decisão fica na mão do candidato.

escritório

5. Participe de eventos, grupos e comunidades

Outra forma de encontrar profissionais qualificados é buscando comunidades e grupos com esse perfil.

No Facebook é muito comum encontrar grupos fechados de desenvolvedores, empreendedores, estudantes, entre diversas outras comunidades que se unem para discutir diferentes assuntos e trocar conhecimento.

Identifique esses grupos e compartilhe suas vagas para aumentar o alcance das oportunidades oferecidas pela empresa.

Saindo do mundo virtual, também existem eventos que costumam reunir os profissionais de TI, como feiras de tecnologia, competições universitárias e encontros de empreendedorismo.

Como identificar os melhores

Depois de anunciar a vaga e de reunir algumas dezenas de currículos, é chegado o momento da triagem.

Muitos candidatos não terão o perfil que a empresa procura e é preciso conseguir selecionar os melhores desenvolvedores em meio à pilha de currículos.

1. Tenha uma definição clara de perfil

O primeiro passo para contratar desenvolvedor é saber exatamente quem você procura.

Tenha uma descrição exata das atividades que o desenvolvedor irá cumprir, bem como os requisitos técnicos para aquelas atividades.

Além disso, faça um filtro com a cultura da empresa, para garantir o fit com o time. As pessoas na sua empresa são quem vão definir quais clientes e parceiros vocês atraem.

escritório descontraído

2. Avalie e valide as experiências do profissional

Quando começar a receber os candidatos, é importante avaliar os dados fornecidos em seus currículos.

Faça uma análise das informações, confira o que parece exageradamente bom para ter certeza de que os dados são verdadeiros.

O universo da programação conta com uma lista enorme de linguagens, como HTML, Java, CSS, PHP, entre outras.

Para tornar a seleção mais assertiva, é bom avaliar o conhecimento técnico dos candidatos lançando um desafio específico à sua vaga. O que mais recomendamos é fazer uma validação técnica, por meio de trabalhos já realizados pelo desenvolvedor e de soluções open source.

Como as equipes de RH não têm o conhecimento específico, devem buscar suporte da área de TI da empresa para a realização das simulações.

3. Peça por um portfólio

Se possível, peça o portfólio do candidato.

Isso garante acesso a seu trabalho prático, sua evolução e exemplos de entregas, mostrando como usa as ferramentas e linguagens.

Quanto mais informações você tiver do profissional, melhor! Valorize esse momento de qualificação. Contratações erradas podem gerar grande prejuízo.

Desde o atraso de entregas e perda de qualidade até o comprometimento do trabalho do time como um todo, gerando diversos custos para a gestão e aumento do turnover.

RECEBA GRÁTIS - GUIA COMPLETO

Contratar Desenvolvedor sem estresse

Por ser uma função tão importante e relevante hoje em dia para o mundo corporativo, é muito importante saber como contratar desenvolvedor de softwares de qualidade.
O cenário para contratar profissionais de TI parece complicado. Porém, basta encarar o desafio com seriedade e seguir algumas dicas essenciais que você estará pronto para encontrar os melhores desenvolvedores para a sua empresa de forma mais assertiva.
E claro, se você quiser deixar de fazer a parte operacional ou sempre que precisar de uma ajuda chama a Vulpi!

Precisa de ajuda para contratar dev?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *