5 métricas importantes para recrutamento e seleção

Tempo de leitura: 4 minutos

Saiba as principais métricas de RH para otimizar o seu processo de recrutamento e seleção:

Quando falamos de processos organizacionais de alto nível, os indicadores são um dos principais assuntos, basear decisões e melhorias em dados é mais efetivo e correto do que confiar em intuição e decisões não pensadas e discutidas.

Uma crescente do mercado tem sido a análise de métricas de RH, com o intuito de melhorar o departamento de gestão de pessoas, otimizando custos e fazendo com que os colaboradores deem o melhor de si pela empresa. Com isso cada vez mais é necessário um conhecimento de análise de dados quando se ocupa um cargo estratégico no RH.

A fim de ajudar no processo de recrutamento, existem algumas métricas importantes que devem ser analisadas, vamos expor 5 delas explicitando a sua importância.

1 – Tempo para contratar

Para um bom processo de recrutamento e seleção é necessário uma boa alocação de tempo e recursos. Não é saudável para empresa preencher uma vaga em menos de uma semana depois que ela foi aberta por exemplo, mas, em contrapartida um processo muito longo também pode ser danoso à organização, pois pessoas que já poderiam ter sido realocadas para outros processos ficam presas e o cargo fica vago por um longo período, causando também prejuízos financeiros.

Por isso há uma grande importância em avaliar a métrica de tempo de contratação que pode ser obtida com a seguinte equação:

Tempo gasto para preencher as vagas/Número de vagas = Tempo para contratar    

     Se o resultado for considerado alto pelos gestores é importante que o processo seja otimizado, diminuindo o tempo de preenchimento das vagas.

2 – Custo de contratação

O processo de contratação gera custos à empresa, mesmo que seja apenas a alocação de colaboradores para ajudarem no processo. É possível destacar despesas como: dinâmicas de grupo, plataformas para recrutamento, headhunter, anúncios em redes sociais e portais de vagas, dentre outros.

É necessário que haja um controle de todos esses gastos e se possível a redução daqueles considerados supérfluos. O cálculo do custo de contratação é o seguinte:

Total gasto nos processos de recrutamento/Vagas preenchidas = Custo de contratação

Uma grande aliada à redução de custos do processo de recrutamento é a tecnologia, agências de emprego e headhunters tradicionais não são mais necessários, um bom software de recrutamento e seleção supre a necessidade do processo.

RECEBA GRÁTIS O E-BOOK - RHTECH

3 – Turnover das contratações recentes

Assim como o pós venda de um produto, é importante se atentar ao índice de rotatividade de funcionários e retenção de talentos, por isso a retenção pode ser um indicador do processo de recrutamento, mostrando o quão bem feito e assertivo ele foi.

A confirmação da eficácia da seleção de um novo candidato, só vem com a confirmação da eficiência dele ao realizar o trabalho. É essencial que o departamento de RH acompanhe de perto o turnover da empresa. Esse índice serve para avaliar diversos aspectos, inclusive o nível de satisfação dos colaboradores.

Se uma taxa de rotatividade muito alta for identificada, o processo de contratação deve ser revisto, pois normalmente quer dizer que ele não está alinhado à realidade da empresa, o que pode causar um aumento de gastos e uma alta necessidade de reposição de talentos.

4 – Processos concluídos dentro do prazo

Quando há o cumprimento de prazos é sem dúvidas um grande benefício para a organização, pois significa menos custos. Se algum prazo é excedido deve-se ligar o alerta, pois é sinal que algum problema deve ser resolvido.

Tratando de processo de recrutamento, um atraso pode estar correlacionado à dificuldade de atrair talentos ou falhas no processo. Quando queremos calcular o percentual de processos atrasados usa-se a seguinte fórmula:

(Processos atrasados/total de vagas) x 100 = Percentual de atrasos

 

5 – Funil de contratação

Uma métrica para recrutamento e seleção que compreende todo o processo é o funil de contratação. Assim como no funil de vendas, é importante mensurar a taxa de conversão para cada etapa do funil. As principais fases desse funil são:

  • Candidatos do processo;
  • Candidatos qualificados;
  • Candidatos finalistas;
  • Candidatos contratados.

Todas as etapas percorridas até a contratação devem ser mensuradas, tempo de processo e recursos utilizados são alguns fatores que medem a eficácia do processo.

Muitas vezes ocorre por exemplo, do avaliador analisar todos os candidatos qualificados e não se sentir satisfeito, o que resulta na reiniciação do processo.Ter esse dado mensurado indica a necessidade de uma maior base de candidatos participando do processo.

Agora que você já conheceu essas importantes métricas para recrutamento e seleção, siga nossas páginas no Facebook e Linkedin e fique sempre por dentro dos melhores conteúdos para RH.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *