10 dicas para se tornar um IT Recruiter

Tempo de leitura: 4 minutos

IT Recruiter se tornou uma das profissões do futuro e cada vez mais as empresas estão em busca desses profissionais. Pensando nisso, vou te mostrar 10 dicas para se tornar um profissional de elite!

Mas, afinal, ser um recrutador(a) me faz ter todos os conhecimentos necessários para ser um IT Recruiter com boa performance? Na verdade, não!

É muito importante que este profissional tenha conhecimento em tecnologia para conseguir fazer triagem, hunting e validação por meio de entrevistas e análise de portfólio. Por isso, reuni aqui dicas essenciais para você se tornar um IT Recruiter! 

– Meu Deus! Eu não entendo nada de tecnologia! E agora, vou ficar pra trás no mercado??? Como faço para começar? Preciso de alguma formação específica em TI?


um personagem de série assoprando um saco
CLARO QUE NÃO! É por isso que a Vulpi existe. Ser seu parceiro estratégico nas contratações de TI e também te dar as dicas necessárias para você se tornar um PROFISSIONAL DE ELITE!

Recentemente, realizamos o evento IT Recruiter Summit, onde reunimos diversos profissionais especialistas neste mercado para compartilhar experiências e dar dicas super legais a quem está começando. Se interessou? Clique aqui.

Então, vamos lá!

Antes de mais nada, não se deixe tomar por estereótipos. TODO MUNDO pode aprender sobre conceitos de Desenvolvimento de Software e tecnologia, no geral. O que você precisa é de resiliência, foco, disciplina e saber pedir socorro para os universitários – vulgo outros desenvolvedores. Não entre na caixinha que “pessoas de humanas” não podem aprender sobre algoritmos e linguagens de programação. Melhor, não entre em caixinha NENHUMA! Você pode aprender o que você quiser!

Mas, por que você tá falando isso?

Primeiramente, para ser um IT Recruiter e ter assertividade em suas contratações é necessário que você tenha conhecimento dos conceitos e das tecnologias que a sua vaga pede.

Como eu faço então para desenvolver minhas habilidades?

  1. Entenda o escopo da sua vaga

    Sente com o gestor ou com alguma pessoa da equipe técnica e peça para descrever quais tecnologias eles usam, como é o projeto e como é o perfil comportamental que seria interessante para complementar a equipe.

  2. Pergunte o significado

    Caso as pessoas da equipe de tecnologia tenham disponibilidade para te explicar, aproveite esse tempo para entender as stacks da vaga e aprender sobre o máximo de conceitos que puder.

  3. Pesquise

    Dê um google nas stacks! Existem diversos blogs bacanas que passam as informações de forma muito didática.

  4. Faça um resumo 

    Anote os conceitos e volte sempre que precisar. Com o tempo você vai internalizando todas essas informações e as validações vão fluir com mais naturalidade.

  5. Faça parte das comunidades de tecnologia

    As pessoas são muito disponíveis para tirar as suas dúvidas e explicar tudo que você precisa saber sobre um produto ou uma tecnologia. Portanto, se inscreva no máximo de Meetups que puder! Muitos são gratuitos e o pessoal é fantástico! (Comecei entrando na comunidade do Meetup e fui procurando por encontros focados em tecnologia próximos à minha região).

  6. Escute Podcasts

    Atualmente, temos muitos podcasts que falam sobre tecnologia. Confesso que no início eu não entendia nada. Mas, encarava esse desafio como um estudo. Então anotava todas aquelas terminologias que não faziam sentido para mim e procurava o significado depois ou conversava com algum amigo da área sobre isso. Gosto muito de escutar os podcasts: Vulpicast, Pode Programar, FalaDev, HipstersPontoTech e Elas Programam.

  7. Aprenda durante a entrevista

    Sim, isso acontece! E eu acho incrível! Tem muito profissional por aí que acaba te explicando alguns conceitos mais complexos, o que é muito agregador.

  8. Cara de pau

    Em meu primeiro emprego como IT Recruiter, eu não sabia nada sobre tecnologia! Mas, se ficarmos com medo, não evoluímos. Então, se arrisque, mete a cara nos estudos e vai em seu ritmo!

  9. Não desista!

    A área de tecnologia tem um processo bem diferente dos demais segmentos do mercado. Vamos pegando o jeito com a prática e trocando com os profissionais. O mais importante é sempre ter um processo humanizado!

  10. Sempre que der faça cursos

    A Vulpi tem direcionado seu foco para promover a educação dos profissionais do antigo RH e atual G&G (Gente e Gestão). Disponibilizando vários conteúdos, lives gratuitas e alguns cursos para te ajudar a alcançar o próximo nível!

Conclusão

Por fim, vemos que para se tornar um Profissional do Futuro, você tem sempre que estar conectado com pessoas, compartilhar conhecimentos e estudar!
Não há atalhos para uma boa performance, principalmente quando se trata da área de tecnologia!

Portanto, vamos todos arregaçar as mangas e cair de cabeça nesse universo tão incrível que é o tecnológico.

E aí G&G, bora dominar o mundo Tech?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *