Home Office: Dicas práticas para seu trabalho e dia a dia em casa

Tempo de leitura: 7 minutos

O Home Office é uma prática recente no Brasil. O termo surgiu de uma expressão em inglês referente a um espaço de trabalho dentro de casa. Aqui, já demos uma abrasileirada e o termo virou modelo de trabalho, com a frase “estou de home office”.

Ter os funcionários trabalhando de Home Office já é uma prática comum para algumas empresas. Nesse modelo o profissional trabalha estando em casa. Normalmente, ele faz atividades que possam ser desempenhadas de um computador com acesso a internet.

Enquanto algumas pessoas já têm esse hábito, outras estão trabalhando de casa pela primeira vez. É normal surgir várias dúvidas e enfrentar problemas com a produtividade e planejamento.

Quando estamos no conforto de casa é necessário ter ainda mais foco nas nossas atividades e prazos. Principalmente para quem não tem o costume de trabalhar fora do escritório fica fácil se distrair.

Mas o home office também proporciona várias vantagens e torna possível a independência em relação a um local fixo de trabalho.

Continue lendo para conhecer mais sobre essa modalidade de trabalho e ficar por dentro de dicas para ajudar no seu dia a dia.

Home Office em números

Todo mundo já sabe que o primeiro semestre de 2020 está sendo um período atípico, em vários sentidos. A população teve que se adaptar às recomendações do Ministério da Saúde e evitar sair de casa. 

Isso está influenciando em altas no número de pessoas que estão trabalhando de casa. E para entender melhor esse contexto, vamos analisar alguns números e estatísticas em relação ao home office.

O levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que 2018 foi o ano com maior número de pessoas trabalhando de home office.

Desde que os números do home office passaram a ser contabilizados em 2012, essa taxa teve uma alta de 44,4%. Na última apuração as pessoas de home office representavam 5,2% dos trabalhadores do país, excluindo setor público e trabalhadores domésticos.

O que diz a lei

O home office é um tipo de trabalho remoto. No trabalho remoto o profissional trabalha de qualquer lugar, fora do escritório convencional e não necessariamente em casa. E hoje as leis trabalhistas já preveem essa modalidade.

No trabalho remoto é possível usar dois tipos de contratação: PJ ou CLT. No primeiro caso, o funcionário, como pessoa jurídica, é como uma empresa contratada pela sua empresa. Ele não deve cumprir uma jornada de trabalho pré estabelecida, mas pode participar de reuniões, presenciais ou à distância, quando for combinado. Ele recebe remuneração por entrega ou como for acordado previamente.

Já no regime de CLT, a pessoa é contratada como pessoa física, com carteira assinada. Mas nesse modelo a pessoa também não necessita cumprir uma jornada. Como foi determinado na nova lei trabalhista sobre o assunto, o controle do trabalho também será feito por entregas, não por carga horária de trabalho. Mas ainda assim um horário regular pode ser combinado pelas duas partes. Esse ponto gerou polêmica, já que não poderão ser contabilizadas horas extras.

Vale ressaltar: tudo que o profissional usar na sua casa para executar as tarefas do seu negócio deve ser formalizado via contrato. A empresa pode arcar com custos das ferramentas de trabalho necessárias ao exercício da função, como equipamentos, gastos com energia elétrica, internet e telefone, desde que esteja previsto em contrato.

Vantagens do Home Office

Mesmo requerendo alguns cuidados e concentração, o trabalho de home office traz várias vantagens para o funcionário. Esse modelo deve estar sempre acompanhado de muita responsabilidade por parte do profissional, mas isso não impede de notar seus benefícios.

  • Comodidade.

Quando você trabalha de casa, você pode passar o dia no conforto do seu lar. É possível cozinhar, aproveitar o que tiver na geladeira e usar parte do horário de almoço para descansar no seu sofá.

E o melhor, quando seu horário de trabalho acaba, você já está imediatamente livre. Não tem que enfrentar nenhum trânsito ou deslocamento.

  • Flexibilidade.

Durante o home office, o funcionário é cobrado por suas entregas. O profissional tem liberdade para definir seus horários de trabalho no período do dia no qual ele se sente mais produtivo.

Às vezes, será necessário estar online ao mesmo tempo que outros colegas para manter a comunicação e planejamento da empresa, mas nada impede que seu horário de produção seja flexível.

  • Qualidade de vida.

Com o tempo e energia que economizamos sobra pique para outras atividades que, normalmente, na correria do dia a dia deixamos de lado.

Fica mais fácil praticar exercícios físicos, passar mais tempo com a família ou com seu animal de estimação, ler livros, fazer cursos e até mesmo fazer nada, deitar no sofá e ver uma série que está atrasada.

  • Economia.

Além da economia para a empresa em relação a contas de luz, água, energia e manutenção do espaço de trabalho, o funcionário também economiza em alimentação e transporte. Além de ser benéfico para o meio ambiente ter menos carros circulando.

 

Dicas práticas

Para muita gente a prática do home office é novidade. E pode ser fácil cair em algumas armadilhas que essa nova autonomia nos traz e acabar perdendo o foco e produtividade. Para te ajudar, confira essas dicas práticas:

  • Horário de Trabalho.

Determine seu horário de início e término das atividades e o cumpra. Trabalhar em excesso não é solução. No momento de parar, é importante se desvincular do que estava fazendo. Tente não mudar muito a sua rotina habitual.

  • Local de Trabalho.

Defina um local de trabalho. Tente delimitar um espaço específico da casa para você exercer suas atividades. Um local bem iluminado, tranquilo e arejado e o mantenha organizado. 

  • Comunicação.

É extremamente importante manter a boa comunicação entres os colegas. Trabalhando de casa o cuidado deve ser maior, ninguém está te vendo. Comunique por chat com o seu time quais são as suas tarefas do dia, avise quando chegar e quando for sair. Para isso, tornam-se necessárias algumas ferramentas.

  • Material de Trabalho.

Garanta que em casa você terá tudo que precisa: computador, mouse, fone de ouvido, uma boa conexão com a internet com um wi-fi de confiança. Escolha um canal de comunicação online em tempo real para toda a equipe e também canais de reunião em grupo. Alguns exemplos são Discord, Slack, Zoom, Hangouts Meet, entre outros.

  • Cuidados em Casa.

Comunique às pessoas que moram com você que você está trabalhando. Tente evitar interrupções. Não se distraia com as tarefas de casa.

Quem é você no Home Office?

Para algumas pessoas, trabalhar de home office é um grande desafio, sem interações presenciais e o dia todo é só você e seu computador. Mas para outros profissionais, isso é visto da maneira contrária.

O home office pode ser uma oportunidade de exercer autonomia nas tarefas, praticar habilidades de priorização e gestão de tempo. Pode inclusive ser benéfico para a produtividade.

Para isso, é importante ter cuidado para não quebrar o fluxo de trabalho no dia a dia, não negligenciar sua saúde e nem levar o trabalho para a cama.

Faça alongamentos. Se cuide. E lave as mãos.

Quem sabe até o isolamento social acabar você descubra que gosta de trabalhar de home office?

Continue contando com a Vulpi nesse desafio 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *